POR ENG |O Guia |Contactos |Ligações |Pesquisa
 Para visitar
Em Chimoio, o mural na Praça dos Heróis, monumento alusivo à independência, a Mesquita e a Biblioteca Provincial, instalada num edifício representativo da arquitectura colonial.

Em Vila Manica, passando pelas históricas portas da Vila, para quem vem de Chimoio, o museu de Geologia, instalado numa bela casa de arquitectura nitidamente colonial,que reúne uma variada e rara colecção de minerais e rochas, espelhando a riqueza da Província neste sector.
Próximo de Vila Manica, a fortaleza de Macequece, construída quando os portugueses tornaram efectiva a ocupação do território onde já se encontravam pelo acordo estabelecido com o antigo império do Monomotapa.

A 5 Km de Chimoio, a “Cabeça do Velho”, incrível e natural formação rochosa que mostra o perfil de um velho.

A cerca de 50 Km de Chimoio, a barragem de Chicamba Real, no Revué, com um paredão invulgar e, um Km mais acima, um miradouro com uma magnífica vista sobre o lago da barragem. Neste local também pode ser observada uma fauna diversificada, de aves raras. É um local que os entusiastas de fotografias espectaculares não devem deixar de visitar.

Em Chinhamapere, local sagrado para os habitantes locais, podem ser admiradas pinturas rupestres que atestam a ocupação humana desde tempos imemoriais.

A 20 Km a norte de Manica, junto à Fronteira com o Zimbabwé, estendem-se as montanhas de Penhalonga habitadas pelos Shonas, onde é possível admirar as Suas tradicionais casas pintadas em vários tons obtidos a partir da mistura de argilas.
Copyright © 2009 LTM