Top
Cabo Delgado – Travel Discover Mozambique
fade
4609
page-template-default,page,page-id-4609,mkd-core-1.2.1,mkdf-social-login-1.3,mkdf-tours-1.4.1,translatepress-pt_PT,voyage-ver-1.8.1,mkdf-smooth-scroll,mkdf-smooth-page-transitions,mkdf-ajax,mkdf-grid-1300,mkdf-blog-installed,mkdf-breadcrumbs-area-enabled,mkdf-header-standard,mkdf-no-behavior,mkdf-default-mobile-header,mkdf-sticky-up-mobile-header,mkdf-dropdown-default,mkdf-fullscreen-search,mkdf-fullscreen-search-with-bg-image,mkdf-search-fade,mkdf-side-menu-slide-with-content,mkdf-width-470,mkdf-medium-title-text,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 

Cabo Delgado

É a Província mais setentrional de Moçambique, tendo como limites, a Norte o rio Rovuma que limita a fronteira com a Tanzânia, a Sul o rio Lúrio que a separa da província de Nampula, a Leste o Oceano Índico e a Oeste a província de Niassa.

Cabo Delgado é habitada predominantemente por grupos étnicos: Maconde, Macua e os Mwani.

O centro urbano mais importante é Pemba, uma cidade histórica situada na baía com o mesmo nome, a terceira maior do mundo, que constitui também um importante centro turístico.

Para Norte, ao longo de 200 Km de costa, estende-se o arquipélago das Quirimbas,

constituído por 32 ilhas, de que ressalta pela sua importância histórica, beleza natural e magníficas praias, a Ilha do Ibo que, no passado, foi um importante centro comercial, primeiro dominado pelos árabes e depois pelos portugueses. Voos regulares ligam Maputo e Beira a Pemba.

Como Chegar

Voos regulares ligam Maputo e Beira a Pemba. O aeroporto de Pemba também recebe tráfego regional como por exemplo da Tanzânia e da África do Sul. Também se chega à região por estrada a partir de Nampula, num percurso de cerca de 440 Km.
Veja mais

Onde Ficar

Hotéis, complexos turísticos, residenciais e parque de campismo, garantem uma boa estadia para todo o tipo de turismo.

Veja mais

Para Visitar

A Costa Norte de Moçambique desde tempos imemoriais foi ponto de encontro de várias culturas que deixaram marcos da sua presença e que hoje, a par das belezas naturais e das praias paradisíacas, constituem motivo de atracção para os visitantes.
The Archipelago of Quirimbas, with its magnificent white sandy beaches, where in the Quirimbas National Park one can see marine turtles, dolphins, Dugongos, elephants, leopards, etc.
Na Ilha do Ibo ( parte do Arquipélago das Quirimbas), o Forte de S. João Baptista construído pelos portugueses para garantir o domínio do comércio da região.
A parte velha da cidade de Pemba onde é notória a influência árabe

Veja mais

Pontos Turísticos

Praias não poluídas, de areia branca e águas transparentes com temperaturas magníficas convidam ao mergulho e ao descanso.
Entre as inúmeras praias que se estendem ao longo da costa salientam-se as de Wimbe, Farol, Mecúfi, Mocímboa da Praia, Chuiba, Quilálea, Matemo, Palma e Pangane.

Veja mais

Onde Comer

Nos complexos turísticos dispersos pelas zonas urbanas, podem encontrar-se bons restaurantes. Na rubrica “Restaurantes” estão referenciados os principaisrestaurantes da região

Veja mais

Vidas Nocturnas

Discotecas e bares, proporcionam momentos de convivência com outros visitantes e habitantes locais.

Veja mais

Prática de Desportos

O mergulho junto aos bancos de coral atrai muitos visitantes também a pesca desportiva, no banco de S. Lázaro, a cerca de 42 milhas náuticas da costa, atrai muitos praticantes pelas capturas que possibilita, quer pelo tamanho quer pelas espécies. Para os amantes de fotografia, a reserva de Quirimba que inclui o arquipélago das Quirimbas e a zona costeira fronteira, oferece paisagens, flores e fauna, incluindo aves exóticas e mamíferos marinhos, que permitem instantâneos inesquecíveis. Os caçadores encontram nas concessões de caça de Lugenda e Negomano a oportunidade de experimentar a sua destreza e obter alguns troféus.

Veja mais

Onde Comprar

Em Pemba e na Ilha de Ibo, em bazares ou em mercados ao ar livre, nos locais mais frequentados pelos visitantes encontrase artesanato local de grande qualidade artística. Salientam-se pela sua especificidade os trabalhos em prata que artesãos locais executam nas suas bancas de trabalho expostos à curiosidade de quem passa, e as esculturas em pau-preto executadas pelos Macondes, grupo étnico que vive nos planaltos interiores.

Veja mais

pt_PTPortuguese
en_GBEnglish pt_PTPortuguese